PSORÍASE E DOENÇAS CARDIOVASCULARES – DIA MUNDIAL DO CORAÇÃO

Antigamente, a psoríase era considerada apenas uma simples inflamação de pele – no máximo, uma ameaça às articulações.
Hoje, sabe-se que os PACIENTES COM PSORÍASE TÊM 3 VEZES MAIS CHANCES DE SOFRER DOENÇAS CARDIOVASCULARES, como infartos e derrames, por exemplo.
Um estudo realizado pela Hospital Universidade da Islândia, aponta que 40% dos indivíduos portadores de psoríase apresentavam alguns fatores de risco para doenças cardiovasculares.
Para a dermatologista Keila Mitsunaga, do Hospital do Coração, em São Paulo, a inflamação crônica da psoríase, que atinge diversas partes do organismo, favorece o diabetes, o entupimento dos vasos, entre outros problemas sérios à saúde.
“É importante ressaltar que, quanto mais grave e mais duradoura a psoríase do paciente, maior a chance desta doença comprometer a saúde do indivíduo. Ou seja, um paciente com psoríase leve, localizada e com início já na fase adulta, tem menor possibilidade de desenvolver doenças cardiovasculares”, destaca Keila Mitsunaga.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
O QUE FAZER PARA MANTER A SAÚDE DO CORAÇÃO?
ATIVIDADE FÍSICA: 30 minutos de caminhada por dia, já está valendo viu?
ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL: evite frituras, gorduras, excesso de sal e açúcar. Prefira, frutas, verduras e alimentos não processados.
REDUZA O ÁLCOOL E CORTE DEFINITIVAMENTE O CIGARRO: ambos, além de fazer mal para todo organismo, agem diretamente na piora das lesões de psoríase
DORMIR BEM e manter o PESO IDEAL
Fazer acompanhamento frequente com CARDIOLOGISTA e DERMATOLOGISTA.
⠀⠀⠀
❣CUIDE DO SEU CORAÇÃO!❣
Fontes: portalcardio, tuasaude, correioweb, Novartis
2021-10-05T19:30:23+00:00

Deixe o seu Comentário