ENTREVISTA COM O ESPECIALISTA EM VITILIGO DR. CELSO LOPES

👨‍⚕️SAIBA TUDO SOBRE VITILIGO!

1. O QUE É VITILIGO? EXPLIQUE PRA GENTE.
É uma doença que causa manchas brancas na pele, caracterizada pela ausência de melanina devido à destruição dos melanócitos.
Acomete cerca de 1% da população mundial e em cerca de metade dos casos os sintomas do vitiligo aparecem antes dos 20 anos de idade.

Várias teorias tentam explicar as causas do vitiligo. Cerca de 20% dos pacientes apresentam história familiar de vitiligo e vários genes já foram identificados, confirmando uma predisposição genética. A teoria autoimune é a mais conhecida, onde temos então a destruição dos melanócitos (células que sintetizam a melanina) pelas células de defesa do organismo (linfócitos). A liberação excessiva de radicais livres (estresse oxidativo) pode também levar à destruição dos melanócitos. Mas em cada pessoa diferentes fatores interagem para desencadear a doença como, por exemplo, fatores emocionais.

As formas variam em cada indivíduo, podendo as manchas serem localizadas, generalizadas ou universal (quando acomete mais de 80% da pele). Temos ainda a forma segmentar (quando as manchas atingem apenas uma região relativa a um ramo neural).

2. PSORÍASE E VITILIGO SÃO DOENÇAS SIMILARES, É VERDADE? QUAL A RELAÇÃO?
São doenças distintas na sua apresentação clínica, porém compartilham mecanismos parecidos na sua causa. Ambas são de origem autoimune, podem ser desencadeadas por trauma local na pele ou fatores emocionais.

3. A PSORÍASE E VITILIGO SÃO DOENÇAS QUE VÃO ALÉM DA PELE É VERDADE?
Podemos dizer que sim. A psoríase hoje é considerada uma doença com repercussões sistêmicas, incluindo alterações metabólicas. O vitiligo e a psoríase pode estar associadas a outras doenças autoimunes, que devem ser investigadas em cada paciente. Ambas podem comprometer a autoestima e a qualidade de vida.

4. MUITAS PESSOAS PENSAM QUE PSORÍASE E VITILIGO SÃO DOENÇAS SIMPLES, QUE PODEM SER TRATADAS EM CASA E POR ISSO ACABAM SE AUTOMEDICANDO. ISSO PODE SER PERIGOSO PARA A SAÚDE DO PACIENTE?
Vitiligo e psoríase não podem, a meu ver, serem consideradas doenças simples. Pelo contrário, são doenças complexas nas suas variadas formas de apresentação, necessitando uma avaliação detalhada de cada caso individualmente e uma estratégia para acompanhamento dos pacientes. A automedicação, especialmente o uso indiscriminado de corticosteróides, pode trazer efeitos adversos e consequências dramáticas para o paciente. Essas doenças quando tratadas no início podem ter um melhor prognóstico.

5. OS TRATAMENTOS PARA VITILIGO E PSORÍASE SÃO IGUAIS?
Algumas classes de medicamentos são compartilhadas nos tratamentos dessas doenças, como os corticosteróides e os imunomoduladores de uso tópico. A fototerapia também é bastante utilizada no tratamento tanto da psoríase como do vitiligo. Os imunobiológicos, uma classe de medicamentos mais seletivos no controle das doenças autoimunes, têm sido bastante utilizados na psoríase e atualmente várias pesquisas clínicas também têm sido realizadas para o uso no vitiligo.

6. QUAIS SÃO OS TRATAMENTOS MAIS EFICIENTES PARA TRATAR A PSORÍASE E VITILIGO HOJE EM DIA?
Os tratamentos dependem muito da forma clínica que cada paciente apresenta. Nas formas mais graves da psoríase eu destacaria os resultados promissores hoje com o uso dos imunobiológicos. Para o vitiligo, além dos imunomoduladores de uso tópico, a fototerapia tem um papel importante tanto no controle como na repigmentação das manchas. Novos equipamentos, como os que utilizam a luz Excimer, têm mostrado resultados bastante satisfatórios. O controle dos fatores desencadeante é fundamental.

Dr. Celso Lopes
Médico dermatologista, atende exclusivamente pacientes com vitiligo.
Mestrado e doutorado pela Universidade Federal de São Paulo (teses em vitiligo)
Membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

QUER SABER MAIS SOBRE VITILIGO OU ENTRAR EM CONTATO COM DR. CELSO LOPES?
ACESSE: www.drcelsolopes.com.br

#amigoscompsoríase
#vitiligo
#drcelsolopes
Clínica – Dr. Celso Lopes

2019-11-05T16:36:43+00:00

Deixe o seu Comentário